Tag Archives: Forró

23/08/19

Universitária Entrevista #36 – Mariana Aydar

No início de agosto, a cantora e compositora Mariana Aydar esteve em Fortaleza para encerrar o Circuito Sesc Junino e apresentar o seu novo trabalho, Veia Nordestina. Dividido em EP'S, Veia Nordestina reforça a paixão da cantora pelo forró e abre espaço para uma reinvenção do ritmo ao agregar outros elementos, como galope, frevo, axé e kuduro. "A minha intenção era fazer o meu forró, ser a minha leitura do forró. A alma do meu forró é o pé-de-serra, isso que eu amo, mas eu queria experimentar. Eu acho um campo muito amplo", conta a cantora.

07/06/19

Ceará Sonoro #98 – Pedro Falcão

Nesta edição, o Ceará Sonoro traz o cantor e compositor Pedro Falcão. O artista fala sobre o processo de criação do seu disco de estreia, Tecnologia Orgânica. O novo trabalho, com previsão de lançamento para o segundo semestre de 2019, conta com a produção do Caio Castelo e a parceria dos músicos da Sertônica: Alisson Félix (guitarra), Glauber Alves (baixo) e Bruno Vasconcelos (bateria).

03/06/19

Forró pode se tornar patrimônio imaterial do Brasil

A processo de registro que pode tornar o forró patrimônio imaterial brasileiro, foi iniciado em maio pelo Iphan. As pesquisas técnicas irão até o final de 2020, e após esta fase, o dossiê escrito segue para o conselho consultivo do Iphan. Se a decisão for favorável, o forró torna-se oficialmente um bem cultural do Brasil, como a literatura de cordel, o frevo e a capoeira.

20/06/18

Identidade de artistas LGBTI+ na música cearense

Pabllo Vittar, Linn da Quebrada, Ana Vilela, Johnny Hooker, Liniker são alguns exemplos de artistas LGBTI+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais, Travestis, Intersex, dentre outras designações) em ascensão no Brasil. E essa representatividade invade também as composições e as produções visuais da música. No Ceará, artistas LGBTI+ buscam espaço no mercado fonográfico local e nacional com a produção de músicas autorais. Conheça três deles!

06/12/17

Rita de Cássia: canções que marcaram como tatuagem

"Tocar o coração das pessoas não é tarefa muito fácil". Para Rita de Cássia, considerada a maior compositora de forró do Brasil, a música precisa ter letra e poesia para poder se eternizar e passar de geração para geração. Esse caminho até o sucesso, Rita conhece muito bem. Seus versos, interpretados pela banda Mastruz com Leite, viraram hits e ela se transformou em uma influência para outros compositores de forró. E foi com a canção Meu Vaqueiro, Meu Peão que Rita ganhou projeção nacional e viu sua música ser considerada o marco do forró moderno.