Ceará Sonoro

01/05/20

Ceará Sonoro #113 – Cinco’3′

Integrada por Lucas Nicolau (piano, guitarra e voz), Álvaro Xavier (baixo e clarinete), Carol Benício (violão e backing vocal), Dulce Maria (ukulele e backing vocal) e João Pedro (bateria e backing vocal), a Cinco’3’ se inspira no rock e blues clássico e moderno para cantar sobre existencialismo, amor e outras tantas reflexões sobre a vida. A banda é inteiramente formada por cientistas, todos atuantes na área das ciências biomédicas.

03/04/20

Ceará Sonoro #112 – Sobrecéus

A banda Sobrecéus desenvolve um trabalho autoral e independente na cidade de Itapipoca (CE) desde 2017. Formada por Bruno Aruna (guitarra e vocal), Eric Moreira (bateria) e Gustavo Barroso (baixo), a Sobrecéus acaba de lançar o seu segundo EP, intitulado Sob as Calçadas, a Praia. São cinco faixas que trazem uma junção de várias sonoridades, como rock e elementos circenses, e que abordam temáticas como loucura, direitos universais e a voz feminina na sociedade.

06/03/20

Ceará Sonoro #111 – Theresa Rachel

A cantora e violonista Theresa Rachel é figurinha carimbada na noite de Fortaleza. Com 24 anos, Theresa é reconhecida como um dos grandes nomes da nova geração de sambistas da cidade, sempre se apresentando em rodas de samba, bares e festivais. A artista faz parte da quinta geração de músicos da família Viana, que tem como membros os sanfoneiros Adelson e José Viana.

22/11/19

Ceará Sonoro #110 – Clau Aniz

Experimental. Densa. Intimista. Poética. A sonoridade da cantora e compositora Clau Aniz proporciona ainda mais sentimentos do que esses citados. As nove músicas presentes no álbum Filha de Mil Mulheres (2018), primeiro trabalho da artista, traz várias versões de Clau nas suas experiências vividas em busca de amadurecimento. Segundo a artista, o processo de criação começa de forma mais solitária, ao gravar suas ideias e sons em casa, para depois fazer a partilha com a banda em longas horas de conversa. "A banda sabe exatamente o que quer dizer tudo. Todo mundo fala o que sente, são muitas expressões falando ao mesmo tempo, isso para mim é muito forte", comenta.

08/11/19

Ceará Sonoro #109 – Viramundo

Através do projeto de extensão Sonoridades, vinculado ao curso de Música da UFC, Vic Andrade e Bruno Esteves tiveram os seus primeiros contatos e desde então transformaram essa parceria no duo ViraMundo. Com o nome inspirado em canção homônima de Gilberto Gil, a dupla desenvolve trabalho autoral na cena musical de Fortaleza e recentemente ficou em terceiro lugar no Festival de Música da Juventude, realizado pela Prefeitura de Fortaleza.

25/10/19

Ceará Sonoro #108 – Os Alfazemas

São 9 anos atuando na cena brega-romântica-pós-pop-cafona do Ceará. Nessa trajetória,  Os Alfazemas já gravaram 2 DVD's, Cabaré da Saudade (2015) e Tu (2018), criaram o bloco de carnaval Eu não sou cachorro não e são presença garantida nas principais casas de shows de Fortaleza.  A banda é formada por Adriano Uchôa (vocalista), Thiago Oliveira (guitarra), Marcelo Almeida (teclado), Alexandre Lima (baixo) e Breno de Souza (bateria).

11/10/19

Ceará Sonoro #107 – Bruno Rafael

Guitarrista e produtor presente na cena musical de Fortaleza há pelo menos dez anos, Bruno Rafael agora se lança também como intérprete em seu novo single "Super Lua". Em entrevista ao Ceará Sonoro, Bruno explica a relação dessa composição com a nova fase na carreira. "Eu componho coisas minhas, que eu vivo, que eu estou vivendo. Tem essa coisa do 'superado medo'. Eu acho que tem tudo a ver com isso, de se jogar na estrada, de fazer o caminho."

27/09/19

Ceará Sonoro #106 – Vitor Mesquita (Banda Canil)

Em 2012, influenciada pelo rock alternativo de bandas como Nirvana, Bush e Pearl Jam, surgia a banda Canil. Em entrevista ao Ceará Sonoro, o vocalista e guitarrista Vítor Mesquita explica que o nome do grupo foi escolhido em uma roda de conversa. "Surgiu um convite pra gente tocar e a banda já existia, mas não tinha nome. A gente tinha 1 semana para decidir o nome da banda. Então, nós nos reunimos num posto de gasolina, começamos a beber e começou a sair um monte de nome intelectual. Até que saiu Canil e esse nome tem pano pra manga", relembra Vítor.

13/09/19

Ceará Sonoro #105 – David Ávila

Seja na música ou na vida, David Ávila gosta de lidar com tudo de forma natural e fluida. Foi de uma brincadeira despretensiosa com um amigo, na infância, que veio o interesse pelo violão. De forma autodidata, David foi aprendendo a tocar o instrumento e a compor suas primeiras músicas. Já profissional, foi vocalista da banda Kayangaço e abriu shows de artistas com projeção nacional e internacional, como O Rappa, Manu Chao, Alpha Blondy e Black Eyes Peas. "O Reggae foi e é a tônica de toda a minha parte da musical. Tudo que eu crio passa pelo Reggae", garante o cantor.

30/08/19

Ceará Sonoro #104 – Liana Fonteles e Giorgi Gelashvili

Os cantores líricos Liana Fonteles e Giorgi Gelashvili são os convidados desta edição do Ceará Sonoro. A cearense e o georgiano falam sobre o cenário da música lírica no estado, as dificuldades do processo de formação e suas vivências como artistas e professores de música.