Tag Archives: professores

06/05/21

Sindiute posiciona-se sobre volta às aulas presenciais

Professores e profissionais de educação da rede municipal de Fortaleza decidiram manter o ensino remoto, apesar da publicação do Decreto Estadual que autoriza o ensino presencial para turmas até o nono ano do Ensino Fundamental. Conforme o decreto, a capacidade máxima para as turmas é 40%. A Diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute), Gardenia Bayma, explica o porquê da decisão da categoria. Ouça a reportagem de Fernando Jocelito.

18/03/21

Avaliação Institucional 2020.2 está aberta até 30/03

O acesso aos questionários da Avaliação Institucional 2020.2 está aberto até o dia 30 de março. Participam da avaliação estudantes e professores de graduação presencial da Universidade Federal do Ceará. Para responder à avaliação, é necessário entrar no Sigaa, Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas. O presidente destaca a possibilidade de comparação entre o resultado desta avaliação com o do semestre 2020.1 a respeito da infraestrutura das aulas remotas.

17/04/20

Ensino remoto é ponto de discussão nas Instituições do CE

A pandemia da Covid-19 provoca efeitos negativos não só na área da saúde e da economia, mas também na educação. No mundo inteiro, de acordo com a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), mais de 850 milhões de estudantes estão sem aulas devido ao novo coronavírus. No Brasil, a decisão de suspender as aulas em Instituições de Ensino Superior (IES) é mais uma tentativa de reduzir o risco da disseminação do vírus por meio da aglomeração de pessoas. A Universidade Federal do Ceará (UFC) paralisou suas atividades acadêmicas presenciais até o dia 30 de abril.

31/10/18

Os desafios no combate à violência nas escolas

A violência nas escolas é realidade na vida de vários alunos e professores no Brasil. Segundo dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil ocupa a liderança no ranking de violência nas escolas. Dos professores ouvidos no Brasil, 12,5% disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana. Publicada em 2013, a pesquisa é a mais recente com dados globais.