10/01/18

Martins Filho: Uma trajetória de vida dedicada à educação

Além da Universidade Federal do Ceará (UFC), o professor Martins Filho fundou a Universidade Estadual do Ceará (UECE) e a Universidade Regional do Cariri (URCA) (Foto: Reprodução/Internet)

A história da Universidade Federal do Ceará (UFC) se confunde com a do professor Antônio Martins Filho, seu fundador e primeiro reitor. Em entrevista concedida à Rádio Universitária FM, em 21 de dezembro de 1984, véspera de seu aniversário de 80 anos, o professor compartilhou sua trajetória de vida e suas realizações ao longo de oito de décadas de vida.

Filho do Cariri, Martins Filho desempenhou diversos ofícios durante sua vida: de entregador de jornais a caixeiro comerciante. Foi também dono de cinema, jornal e, até mesmo, de uma editora. Essa última o possibilitou se aproximar mais das atividades intelectuais a que sempre teve inclinação.

Seus primeiros passos na educação se deram ainda em 1925, aos 21 anos de idade, quando foi convidado a substituir um professor da Escola 13 de Maio, quando era integrante da Diretoria da União Artística Beneficente do Crato. Desde então, sua trajetória passaria cada vez mais a se confundir com o ensino e o caráter intelectual.

Antonio Martins Filho, Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir, Milton Dias e Fran Martins.

Na década de 1960, o Reitor Antonio Martins Filho (esq.) recebeu Jean-Paul Sartre e Simone de Beauvoir (centro). Na foto, também estão Milton Dias e Fran Martins (dir.) (Foto: Acervo do Museu de Arte da UFC)



Em 1944, o professor Antônio Martins Filho foi um dos  principais interlocutores do movimento que reivindicava a criação da primeira universidade cearense. Em 16 de dezembro de 1954, foi, enfim, criada a Universidade do Ceará, que foi instalada, posteriormente, em junho de 1955. Martins Filho foi nomeado ao cargo de reitor pelo então Presidente da República, Café Filho.

Além da Universidade do Ceará, atual Universidade Federal do Ceará, o professor Martins Filho desempenhou papel decisivo na fundação da Universidade Estadual do Ceará (UECE), em 1977, na qual foi reitor agregado. Em 1986, fundou, também, a Universidade Regional do Cariri (URCA). Martins Filho veio a falecer em 2002, dois dias antes de completar 98 anos.

O programa Opinião com o professor Antônio Martins Filho foi veiculado em 22 de dezembro de 1984, com produção e apresentação de Fátima Leite e operação de áudio de Henock.

Últimas postagens

A Revista da Educação trouxe um debate sobre saúde mental na mídia, saúde mental dos universitários e fatos importantes sobre depressão e ansiedade (Foto: Reprodução/Internet)
Saúde Mental é tema da Revista da Educação
O artista plástico Franzé Chaves, o Barrinha, participou de curso de serigrafia da Oficina de Gravados em Havana (Cuba) (Foto: Escola Vila/ Arquivo)
Franzé Chaves (Barrinha) no Artes e Artistas da Terra
Em dois volumes, o Atlas é um mapeamento da língua falada no Ceará, com informações capazes de auxiliar estudos de linguistas, lexicógrafos, gramáticos, historiadores, sociólogos e pedagogos (Foto: Bandeira do Ceará/Reproduçã)
Ciência, Desafio da Terra destaca Atlas Linguístico do Ceará
Antes de ser ator, Nuno Leal Maia, hoje com 72 anos, foi jogador e treinador de futebol (Foto: Reprodução/RevistaTrip)
Nuno Leal Maia no Caminhos da Cultura
O apresentador Ricardo Guilherme conversou com os médicos Luiz Teixeira e João Francisco sobre Homeopatia no programa Centro de Debates de 1982 (Foto: Reprodução/Internet)
Homeopatia é destaque no Centro de Debates de 1982
Tags:, , ,

Deixe uma resposta

*