20/12/18

A menina dos brincos de ouro no Era Uma Vez

A lenda de exemplo foi A menina dos brincos de ouro, popularmente conhecida na Bahia e no Maranhão, quem a recolheu foi Nina Rodrigues com seu livro intitulado Os africanos no Brasil (1932) (Foto: Reprodução/Internet)

No dia 30 de outubro de 1981, o programa Era Uma Vez apresentava mais uma edição com "o esplendor das lendas, mitos e crendices populares do Brasil". Especificamente neste dia, a edição apresentava as lendas de exemplo, que são aquelas que trazem sempre uma mensagem, um exemplo de vida tirado da própria sabedoria popular.

A lenda escolhida foi A menina dos brincos de ouro, popularmente conhecida na Bahia e no Maranhão. Quem a recolheu foi Nina Rodrigues com seu livro intitulado Os africanos no Brasil (1932).

O Era Uma Vez ainda apresenta a lenda dos quatro ladrões e uma breve explicação sobre crendices no período da gravidez. A edição expõe a história de Pedro Malazarte, sendo esse um dos principais personagens nas histórias da cultura portuguesa e brasileira. O programa teve a produção de João Augusto e a operação de áudio de Antônio Carlos Lima.

Abaixo você confere a edição do programa:

Últimas postagens

Nanci Alves e Ênio Reis apresentando Carretel de Invenções, versão televisiva inspirada no programa de rádio (Foto: Reprodução/Internet)
Adivinhações e contos infantis no Carretel de Invenções
O professor Lauro de Oliveira Lima nasceu em Limoeiro do Norte, interior do Ceará (Foto: Reprodução/ Internet)
Educação e Método Piaget no Caminhos da Cultura de 1982
(Foto: Viktor Braga/UFC)
Lélia Coelho Frota no Arte Popular Brasileira de 1982
Em entrevista ao programa "Artes e Artistas da Terra", Jorge Mello conta sobre sua relação com o misticismo e uma biblioteca mística que montou com o cantor Belchior (Foto:Reprodução/Internet)
Artes e Artistas da Terra com Jorge Mello (1988)
O programa Centro de Debates de 11 de setembro de 1988 trouxe como tema a Ecologia (Foto: Reprodução/Internet)
Centro de Debates: Ecologia, um meio ou um fim?
Tags:, ,

Deixe uma resposta

*