" />

02/01/19

Rádio Debate: 70 anos da Declaração dos Direitos Humanos

No dia 21 de novembro de 2018, o Rádio Debate abordou o tema Igualdade Racial, consciência negra e afrobrasilidade nas escolas. Esse foi o sexto programa da série e contou com a presença de Kellynia Farias, Sandra Petit e Vanda Machado (Foto: Raquel Chaves/Divulgação)

A Declaração Universal dos Direitos Humanos, que completou 70 anos em dezembro de 2018, foi tema de uma série especial promovida pelo programa Rádio Debate e que teve início em novembro. Ao longo de dois meses, foram transmitidos 20 programas ao vivo, pela Universitária FM, envolvendo 62 convidados e convidadas que participaram dos debates – cada um com uma hora de duração. As reprises começaram no dia 24 de dezembro de 2018 e o vigésimo e último programa será exibido no dia 18 de janeiro de 2019, sempre das 11h30 às 12h30.

 Ao longo dos programas especiais, o Rádio Debate explorou os principais valores do mais importante documento pela garantia dos direitos fundamentais, criado no dia 10 de dezembro de 1948. Justiça, igualdade e dignidade humana também são valores que a produção do Programa Rádio Debate, a Universitária FM e a própria Universidade Federal do Ceará (UFC) perseguem desde o começo de nossa história. Pautar e promover os direitos humanos é uma das premissas principais do Rádio Debate desde o seu surgimento, em 1999, como projeto de Extensão da UFC.

 Ao longo da série, foram pautados temas como: liberdade de imprensa, censura e fake news; prevenção aos homicídios na adolescência; proteção a refugiados; igualdade racial, consciência negra e afrobrasilidade nas escolas; democracia e austeridade; saúde mental; prevenção e enfrentamento à violência; intolerâncias política, ideológica e religiosa; assassinatos de meninas; feminicídios; criminalização e resistência dos movimentos sociais; acessibilidade e cultura; defesa do trabalho associado e voluntário, desenvolvimento sustentável e justiça social; cultura e liberdade; direitos da pessoa com deficiência; igualdade, justiça e dignidade humana; e outros tantos temas transversais e entrelaçados aos direitos humanos.

 Série é dedicada a Agostinho Gósson

O jornalista e professor Agostinho Gósson foi diretor executivo da Universitária FM e, por mais de 15 anos, apresentou o programa Rádio Debate (Foto: Jr, Panela)

O jornalista e professor Agostinho Gósson foi diretor executivo da Universitária FM e, por mais de 15 anos, apresentou o programa Rádio Debate (Foto: Jr. Panela)

Os 20 programas foram dedicados ao jornalista e professor Agostinho Gósson, que faleceu também no mês de dezembro, três anos atrás. Ele foi diretor executivo da Universitária FM e, por mais de 15 anos, apresentou o programa Rádio Debate. Agostinho tem uma história que se confunde com a própria história da Universitária FM. Ele afastou-se de nossos microfones no dia 24 de abril de 2015, quando apresentou seu último programa e entrou em licença médica para tratar de um câncer no fígado. A Universitária FM e seus ouvintes só tiveram a ganhar, com a firmeza intelectual da experiência e da retidão de caráter de Agostinho Gósson que, antes de partir, tabém exercia o cargo de Ouvidor da UFC.

 O Rádio Debate vai ao ar de segunda a sexta-feira de 11h30 as 12h30. Mais informações também podem ser acompanhadas também através do Twitter do programa (@radiodebate) ou pelo Instagram da emissora: @universitariafm. A série sobre os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos foi apresentada pelo jornalista Caio Mota e o locutor Pedro Vítor, com produção da jornalista Raquel Chaves e apoio do bolsista de Extensão Luís Valente. Na operação de áudio, Assis Lima e João Pedro.

Confira o cronograma das reprises:

Programa 1 - Liberdade de imprensa, censura e fake news (reprise em 24/12)
Programa 2 -  Semana de Prevenção ao Homicídios na Adolescência/ Papel das Juventudes (reprise em 25/12)
Programa 3 - Semana de Prevenção ao Homicídios na Adolescência / Semana Cada Vida Importa (reprise em 26/12)
Programa 4 - Proteção de Refugiados (reprise em 27/12)
Programa 5 -  Comissão de Direitos Humanos da Universidade Federal do Ceará (reprise em 28/12)
Programa 6 -Igualdade racial, consciência negra e afrobrasilidade nas escolas (reprise em 31/12)
Programa 7 -  Democracia, austeridade e Direitos Humanos (reprise em 1º/1)
Programa 8 -  Saúde Mental e Direitos Humanos (reprise prevista para 2/1)
Programa 9 - Prevenção e enfrentamento à violência – O que os estudantes têm a ver com isso? (reprise em 3/1)
Programa 10 - Intolerância política e ideológica (reprise em 4/1)
Programa 11 - Aumento de assassinato de meninas no Ceará (reprise em 7/1)
Programa 12 - Movimentos sociais, criminalização e resistência de povos e águas no Ceará (reprise em 8/1)
Programa 13 - Como aplicar a acessibilidade na prática do fazer cultural (reprise em 9/1)
Programa 14 - O que caracteriza um crime como “Feminicídio”? (reprise em 10/1)
Programa 15 -  Proteção aos Direitos Humanos no Ceará (reprise em 11/1)
Programa 16 - Defesa do trabalho associado e voluntário, desenvolvimento sustentável e justiça social (Dia Nacional da Economia Solidária) (reprise em 14/1)
Programa 17 - Intolerância Religiosa (reprise em 15/1)
Programa 18 - Cultura, Democracia e Liberdade (reprise em 16/1)
Programa 19 - Direitos da Pessoa com Deficiência (reprise em 17/1)
Programa 20 - Igualdade, Justiça e Dignidade Humana (reprise em 18/1)

Todos os programas estão disponíveis no soundcloud da RUFM:

Tags:, ,

Deixe uma resposta

*