Notícias

20/06/18

Identidade de artistas LGBTI+ na música cearense

Pabllo Vittar, Linn da Quebrada, Ana Vilela, Johnny Hooker, Liniker são alguns exemplos de artistas LGBTI+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais, Travestis, Intersex, dentre outras designações) em ascensão no Brasil. E essa representatividade invade também as composições e as produções visuais da música. No Ceará, artistas LGBTI+ buscam espaço no mercado fonográfico local e nacional com a produção de músicas autorais. Conheça três deles!

19/06/18

A popularidade do sertanejo na música brasileira

O advento das redes sociais na década passada e o surgimento das plataformas de streaming, por exemplo, são elementos muito bem aproveitados pelo sertanejo. Para se ter uma ideia da dominação da música sertaneja no cenário digital, artistas como Marília Mendonça e Henrique e Juliano tiveram juntos, nos últimos anos, cerca de 8 bilhões de visualizações de suas músicas no YouTube. Já em aplicativos como o Deezer, a playlist “Top Brazil”, com as canções mais tocadas do país, possui 50% de composições do gênero.

18/06/18

Conheça o Projeto Ouvindo Letras da UFC

Já imaginou aprender, por exemplo, história e gêneros textuais ouvindo um pouco de Música Popular Brasileira? É exatamente isso que propõe o Projeto de Extensão Ouvindo Letras. As reuniões acontecem semanalmente às quintas-feiras, sempre às 17h, no Auditório José Albano, localizado no Centro de Humanidades I da UFC.

13/06/18

Teatro Universitário recebe show intimista de Zéis

O show do cantor e compositor Zéis, Sessões Acústicas, acontece todas as quintas-feiras do mês de junho, às 19h30, no Teatro Universitário Paschoal de Carlos Magno. A apresentação reúne composições de períodos diferentes da carreira de Zéis apresentadas em formato acústico. O show conta ainda com a participação da violoncelista Eudênia Magalhães.

11/06/18

Proposta de educação integral em Fortaleza

A educação integral está relacionada ao desenvolvimento dos cidadãos em todas as suas dimensões, sejam intelectuais, físicas ou culturais. Ela representa a opção por um projeto educativo que integra as necessidades, interesses e possibilidades de todos, além de garantir os seus direitos em todas as esferas.

06/06/18

Os desafios do ensino religioso no Brasil

A aplicação do ensino religioso nas escolas brasileiras tem gerado bastante polêmica nos últimos meses. Segundo a Base Nacional Comum Curricular, entre as competências para a realização dessa disciplina estão a convivência com a diversidade de identidades, crenças, pensamentos, convicções, modos de ser e viver. Mas apesar disso, em setembro de 2017, o Supremo Tribunal Federal estabeleceu que o ensino religioso em escolas públicas pode ter caráter confessional. Isso significa que as aulas podem seguir os ensinamentos de uma religião específica.