06/12/16

Pausa Musical especial 1981 – parte 4

Sede da Rádio Universitária FM, no bairro Benfica, em Fortaleza/CE.
(Foto: Junior Panela/CCSMI-UFC)

Em outubro de 2016, celebramos os 35 anos de fundação da Rádio Universitária FM 107,9 MHz. Como parte da programação comemorativa, na semana entre os dias 10 e 14 de outubro, o programa Pausa Musical trouxe uma série especial com fatos históricos e sucessos musicais do ano de 1981. Essa mesma série será publicada integralmente em cinco partes nas próximas semanas na seção Memória deste site. A Rádio Universitária FM foi oficialmente criada em 15 de outubro naquele ano com o prefixo ZYC-407, vinculada à Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC) e à Universidade Federal do Ceará (UFC).

O ano de 1981 teve alguns fatos históricos marcantes, como a inauguração do Memorial JK em Brasília, museu dedicado ao ex-presidente da República Juscelino Kubitschek (1902-1976), e o falecimento do cantor, guitarrista e compositor jamaicano Bob Marley, um dos principais expoentes do reggae. Gilberto Gil lançou Não Chores Mais, versão em português da canção No Woman, no Cry, de Marley, e que no Brasil ganhou uma conotação política de resistência ao regime militar. Nesse mesmo ano, o escritor Jorge Amado recebeu o título de doutor honoris causa da UFC, e comemorou 50 anos da publicação do livro de estreia, O País do Carnaval. No campo da música brasileira, foram lançados discos importantes como Caçador de Mim, de Milton Nascimento, Inclinações Musicais, de Geraldo Azevedo, e Asa de Luz, de Oswaldo Montenegro, que trazia na época como uma de suas backing vocals a estreante cantora Cássia Eller (1962-2001).

O programa Pausa Musical de 13 de outubro de 2016 teve produção de Maura Mello e Marcos Almeida, apresentação de Tetê Carvalho, e operação de áudio de José Raimundo Lustosa e Assis Lima. Ouça o programa completo, dividido em dois blocos:

 

Últimas postagens

O suingado vocal de Lucinha Menezes conta com parcerias de grandes artistas da música popular brasileira (Foto: Reprodução/Internet)
A sonoridade de Lucinha Menezes em Artes e Artistas da Terra
Aparecida Silvino tem mais de 30 anos de carreira e parcerias com grandes artistas da música como Belchior e Milton Nascimento (Foto: Reprodução/Internet)
A música de Aparecida Silvino em Artes e Artistas da Terra
Em 2018, Cátia de França vai lançar um novo álbum, intitulado Hóspede da Natureza. Na foto, a artista se apresenta ao lado de Juliano Holanda, em 2017, em Olinda (PE) (Foto: Heder Novaes)
Ebulição sonora de Cátia de França no programa Entrevista
Participantes da 19ª Parada do Orgulho LGBT na Avenida Paulista, em São Paulo (Foto: Leo Pinheiro/Fotos Públicas)
Rádio Debate discute a homofobia e o racismo no Brasil
O jornalista Tárik de Souza é um dos grandes nomes da crítica musical brasileira (Foto: Reprodução/Internet)
Música e poesia no Café com Letra

Deixe uma resposta

*